Navegar

17 de novembro de 2017, 15:08h

Carolina Araujo fala sobre obra de Maryam Mirzakhani

Na próxima semana, a Matemática da iraniana Maryam Mirzakhani e da brasileira Diana Sasaki ganharão destaque em duas palestras especiais realizadas no IMPA.

Na terça-feira (21), a pesquisadora Carolina Araújo apresentará ao público um pouco sobre a vida, a obra e a visão matemática de Maryam Mirzakhani, pesquisadora e professora da Universidade de Stanford (EUA).

Falecida em 14 de julho deste ano, vítima de câncer de mama, Maryam foi a primeira matemática mulher e cientista do Irã a conquistar a Medalha Fields. Sua morte precoce consternou a comunidade matemática. Ela tinha apenas 40 anos. Era dona de um estilo único, responsável por uma pesquisa altamente original e profunda, capaz de se conectar e ao mesmo tempo influenciar profundamente diversas áreas da Matemática, como geometria, análise complexa, topologia e dinâmica.

Leia também: Coluna na Folha: A matemática molda trajetórias de vida
Jornal Hoje: Vidas transformadas pela OBMEP
Jornal Nacional: Índios já sabiam Matemática

Na quarta-feira (22), haverá a palestra de Diana Sasaki, pesquisadora do Instituto de Matemática e Estatística da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e vencedora do Prêmio Para Mulheres na Ciência.

Especialista em Teoria dos Grafos, Diana se dedica aos problemas de coloração em grafos, que modelam situações de conflito da vida real.

O principal foco da palestra será o problema de coloração total em grafos, onde a matemática apresentará importantes definições, o problema histórico e motivador deste tópico, bem como os principais resultados e projeções de seu trabalho na área.

SERVIÇO:

A matemática de Maryam Mirzakhani

Carolina Araujo (IMPA)

21 de novembro | 15h30 | Auditório 3

Sobre problemas de coloração em grafos

Diana Sasaki (UERJ)

22 de novembro | 15h30 | Auditório 1